Beber vinho estimula o cérebro

Beber vinho estimula o cérebro

Existem diversos hábitos importantes que estimulam o cérebro, como a leitura, a atividade física, mas você sabia que beber vinho equivale a um exercício físico mental?

Quem chegou nessa conclusão foi o médico neurocientista norte-americano Gordon Sheperd, autor do livro Neuroenology: How the Brain Creates The Taste of Wine, ou em português – Neuroenologia: Como o Cérebro Cria o Sabor do Vinho.

De acordo com o neurocientista, a bebida ativa os receptores sensoriais do paladar e do olfato na língua e as funções cerebrais são acionadas, isso requer foco mental como quando resolvemos uma equação matemática complexa.

Mas para isso, você deve ingerir e saborear devidamente a bebida. Se você simplesmente engole o vinho e não o saboreia, os benefícios para são perdidos.

Por isso, tire um tempinho para apreciar seu vinho com calma e ‘malhar’ o cérebro.

Passe aqui na Adega Brasil e encontre rótulos de todas as partes do mundo com sabores inigualáveis para você aproveitar 😊

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *