Qual a temperatura ideal para degustar uma cerveja?

Qual a temperatura ideal para degustar uma cerveja?

Você já deve ter ouvido falar que quanto mais gelada a cerveja melhor, não é mesmo? O nosso clima quente favorece isso, e por muito tempo essa era a “regra” aqui no Brasil.

No entanto, para degustar sabores e aromas mais complexos, a temperatura da cerveja pode ser um fator decisivo — e, assim, não deve estar sempre trincando. Cada cerveja pede uma temperatura ideal. Não existe um acordo definitivo do que é o certo ou errado, por isso separamos para você as temperaturas mais comuns de acordo com cada tipo.

O famoso cervejólogo Michael Jackson propõe uma escala de 5 níveis de temperatura para servir uma cerveja. Mas a escala apresentada abaixo é uma variação dela, adaptada pelo site Brejas ao clima e gosto do brasileiro:

Muito gelada (de 0 a 4°C):  Pale Lagers, cervejas sem álcool e qualquer cerveja que tenha o objetivo de refrescar e não muito a de ser degustada.

Bem gelada (de 5 a 7°C): cervejas de trigo claras, Lambics de fruta e Gueuzes.

Gelada (de 8 a 12°C): para Lagers Escuras, Pale Ale, Amber Ale, cervejas de trigo escuras, Porter, Helles, Vienna, Tripel e Bock tradicional.

Temperatura de adega (de 13 a 15°C): para as Ale Guadrupel, Strong Ales Escuras, as Stout e a maioria das cervejas especiais Belgas, incluindo as Trapistas. As Bocks mais fortes como a Eisbock e a Doppelbock.

Uma dica importante: Não deixe a sua cerveja congelar!  O congelamento tira algumas propriedades da cerveja o que pode acabar alterando o gosto e as características da bebida.

👉 Aproveite os nosso Festival de Cervejas, com preços imperdíveis! Passe em uma de nossas cinco lojas.

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *